Margaridas

As margaridas são lindas flores que são usadas ativamente no design da paisagem. Hoje, existem muitas variedades dessas lindas plantas perenes e anuais. Margaridas podem ser cultivadas em campo aberto e em casa em uma panela.

Daisy: variedades de flores populares com fotos

As plantas têm folhas em forma de ovo de cor verde brilhante. Na raiz, eles se unem em um soquete, que também se une e forma pequenos arbustos fofos com inflorescências. Flores podem ser muito. Eles vêm na forma de cestas com várias fileiras de pétalas, também há variedades com botões de felpudo muito fofos.

Os arbustos de margarida atingem até 20 cm de altura. As plantas florescem profusamente e, durante muito tempo, a floração começa na primavera. No mês mais quente do verão, julho, ele pára, e em agosto retoma novamente. O design de canteiro de flores combina margaridas com narcisos e tulipas. As variedades mais populares de margaridas:

  • "Pomponett" - uma planta com flores de tamanho médio que se parecem com botões. O diâmetro médio dos botões é de 2 cm.

Margaridas: pouso e cuidados

  • "Robella" tem flores luxuosas de cor coral, parece muito bonito em canteiros e na decoração.

Margaridas: pouso e cuidados

  • "Habaner" distingue-se pelas suas flores duplas coloridas bastante grandes, em média, o diâmetro de 1 botão pode ser 6 cm.

Margaridas: pouso e cuidados

Margaridas Perenes: Cultivo

Flores de solo como com boa drenagem, cultivadas. É preferível plantar em lomas que prendam perfeitamente a água. Antes de plantar em terreno aberto, é necessário preparar o solo com antecedência. No outono, é desejável fertilizar a terra com húmus e esterco. Este alimento será suficiente para uma planta por um longo tempo.

As margaridas adoram a luz do sol, elas devem ser plantadas em lugares bem iluminados. Em terrenos escuros, eles podem murchar. A penumbra é ideal para plantas, em tais condições as margaridas florescerão muito luxuriantly e belamente, e suas folhas serão macias. As flores cultivadas em sombra parcial serão mais altas, e crescendo à luz do sol - mais baixas, elas terão menos gemas.

Margarida flores: plantio e cuidado no campo aberto

Margaridas: pouso e cuidados

As raízes das margaridas são rasas no solo, e é por isso que as plantas precisam de rega boa e regular. Se as flores crescem em solo seco, elas terão pequenas inflorescências que perderam sua maciez. Recomenda-se, após cada rega, soltar o solo em torno das plantas, para que o oxigénio possa penetrar nele.

Também será útil fazer mulching, ou seja, polvilhar a superfície do solo com folhas, serragem e húmus. Isso ajudará a reter a umidade por mais tempo. Essa técnica também impede que as raízes se projetem, o que geralmente acontece quando o solo seca.

Margaridas precisam de uma boa alimentação, fertilizantes e húmus recomendados pelo menos 2 vezes em 1 temporada. Assim que o frio diminui, e o solo começa a derreter, você precisa fazer uréia. É polvilhado em áreas com flores plantadas nas proporções exigidas. Este curativo é importante para as plantas, porque no início da primavera, as margaridas são caracterizadas pelo crescimento ativo, que requer uma grande quantidade de nutrientes e minerais.

A próxima fertilização é feita no início do verão, quando os rebentos jovens começam a crescer a partir de plantas. Alimente-se com nitroammofós. Para florescer durou mais tempo, é necessário remover as cestas desbotadas. No final do outono, não há necessidade de cortar as folhas da planta e os botões lacrimais. As margaridas toleram bem o inverno, mas é melhor cobri-las com folhas ou galhos de pinheiro.

Como as Margaridas Propagam: Recursos

Margaridas: pouso e cuidados

Existem 3 maneiras de reproduzir cores:

A divisão dos arbustos ajuda a manter as características da variedade de margaridas. Você pode dividir apenas os arbustos de plantas com pelo menos 2 anos de idade. Durante este tempo, as margaridas têm tempo para crescer, mas perdem a aparência decorativa, por isso precisam estar sentadas.

No processo de divisão e plantio, as plantas rejuvenescem e ganham muito poder para crescimento e desenvolvimento. É melhor dividir os arbustos no meio do verão, por volta de julho. Por via de regra, é neste momento que a floração se suspende um tanto. Os arbustos precisam cavar e separar as grandes rosetas com raízes. 1 grande arbusto pode dar 12 pequenas plantas.

Remova as folhas dos arbustos separados e corte as raízes ligeiramente. Flores com botões precisam ser arrancadas. É melhor plantar novos espécimes na penumbra e regar com mais frequência que as plantas adultas. Alguns cultivadores de flores, porém, estão convencidos de que a divisão é melhor feita não no verão, mas na primavera ou no outono.

Propagação por estacas é feita em maio ou no início de junho. Este método envolve a separação dos rebentos laterais com folhas e o seu plantio num solo húmido e macio e solto. As raízes das estacas podem aparecer dentro de 2 semanas após o desembarque. As margaridas obtidas desta maneira só irão florescer no próximo ano.

A propagação de margaridas por sementes é uma maneira fácil e conveniente. As lojas vendem muitas variedades dessas maravilhosas flores. Plantada em campo aberto no final de junho. Não é recomendado semear margaridas muito profundas, as sementes devem ser colocadas quase na superfície do local, previamente soltos e fertilizados. Então você precisa polvilhar com uma pequena camada de terra solta ou areia. As margaridas vão crescer em 7-10 dias após a semeadura.

É muito importante fazer uma escolha de jovens arbustos. Isso significa que antes de plantar em um local permanente nas plantas, você precisa cortar um pouco as raízes. Isso permitirá que o sistema radicular se ramifique, as flores ficarão mais fortes e resistentes. Transplante de mudas realizado 2 meses após a semeadura, ou seja, em agosto. Observe a distância entre as plantas não inferior a 20 cm.

Floração em tais margaridas começará apenas na primavera do próximo ano. Se, no entanto, semeá-los na estufa no início de março, então os botões podem ser obtidos já no primeiro ano de vida. Este método de propagação de plantas por sementes é usado por muitos produtores de flores.

As margaridas se reproduzem e independentemente. Se você não rasgar cestas desbotadas, elas darão sementes que semearão o solo ao redor de um arbusto grande e saltarão na primavera. Essas mudas também precisam se abaixar e sentar. A única desvantagem da auto-semeadura é que essas margaridas podem não manter as características da variedade.

Pragas e doenças de margaridas

Margaridas: pouso e cuidados

Se você decidir cultivar margaridas em seu canteiro de flores, você precisa saber sobre doenças e pragas que podem ameaçar as plantas. Em geral, raramente ficam doentes. No entanto, às vezes aparece o oídio em pó - um revestimento branco nas folhas. Além disso, muitos produtores encontram podridão cinzenta nas plantas. As causas de tais doenças podem ser as seguintes:

  • Plantio muito denso de margaridas, não cumprimento da distância entre os arbustos. Locais de aeração ruins.
  • Adição excessiva de fertilizante ao solo.
  • Rega excessiva, solo muito molhado.
  • Uma queda acentuada de temperatura, uma grande diferença entre as temperaturas diurna e noturna.

Do oídio, os agentes fungicidas e o complexo químico Topaz ajudam bem. A podridão cinzenta será eliminada por meios como "Fundazol", "Skor" e "Euparin". Ao mesmo tempo, é necessário garantir que as folhas e as flores da margarida permaneçam secas.

Danos a margaridas e alguns insetos. Especialmente amam suas lagartas, borboletas, conchas e lesmas. Inseticidas ajudará a remover as lagartas: "Lepidocide", "Fitoverm", "Bicol", "Aktellik". O metaldeído funciona bem com lesmas.

Margaridas vão reviver e decorar o seu canteiro de flores e jardim. As plantas são resistentes e despretensiosas, mas para que floresçam de forma bonita e densa, é preciso seguir as regras de cuidado e plantio. Além disso, com o aparecimento de doenças e pragas, medidas urgentes devem ser tomadas.

Adicionar um comentário