Como tomar vitamina e

A vitamina E (tocoferol) é um antioxidante popular, que possui propriedades únicas e algumas características da aplicação. Se for consumido excessivamente, você pode encontrar vários efeitos colaterais, e é por isso que tomar tocoferol requer adesão a certas regras.

A vitamina E é, em primeiro lugar, a substância mais forte que protege a saúde das células, inibindo o desenvolvimento e a energia de formas agressivas de compostos de oxigênio e peróxido no organismo. Daqui resulta que tem um efeito positivo na pele, cabelo e unhas. Além disso, a vitamina E é um excelente auxiliar na prevenção do câncer. O tocoferol também ajuda a proteger as membranas mucosas de vários tipos de radiação.

A vitamina E deve ser usada para pessoas que sofrem de várias formas de dermatose, psoríase, seborréia, úlceras e líquen. Tem um efeito benéfico nas paredes dos vasos sanguíneos, o que contribui para a boa nutrição das células epidérmicas, acelerando os processos regenerativos e facilitando o tratamento de muitas doenças.

Como tomar vitamina E

O uso de tocoferol é indicado para doenças massivas de infecções virais respiratórias agudas e infecções respiratórias agudas. Suporta imunidade e, portanto, aumenta a resistência do organismo a várias infecções.

A vitamina E é muito útil em várias formas de hipovitaminose, reumatismo, miopatia, desnutrição, ameaça de aborto espontâneo, complicações durante a extinção das glândulas sexuais em mulheres, cirrose, icterícia, etc. Além disso, a vitamina E é recomendada para mulheres ao planejar a gravidez, carregando um bebê e alimentação.

Tocopherol, por via de regra, produz-se na forma de pastilhas (uma preparação "Evitol"), diferindo em um gosto doce adocicado, que faz deles uma excelente opção para crianças. Cápsulas de gelatina são outra forma em que a vitamina pode ser apresentada.

Para fins terapêuticos, também é utilizada uma solução vitamínica. Esta ferramenta é introduzida no músculo ou usada no interior. Isto é especialmente verdadeiro nos casos em que o paciente não é capaz de engolir a cápsula e o trocisco.

Vitamina E: como tomar?

Cápsulas de vitamina E

Aplique vitamina E é necessário, dependendo do peso corporal - 0,2-0,3 mgs por quilograma. A taxa média para um adulto é de cerca de 10-12 mg por dia. Durante a gravidez e planejamento, é necessário aumentar este valor para 14 mg por dia.

Cada losango Evitol contém cerca de 5 mg de vitamina E. Se você levar em conta o fato de que parcialmente a substância não é absorvida, você deve usar 2-3 pastilhas por dia - 1 pc. antes do café da manhã, almoço e jantar.

Tocoferol tem um efeito direto sobre o metabolismo adequado de ácidos graxos no corpo. E, portanto, se você costuma consumir peixe gordo, carne e óleos, aumente a dose diária de vitamina E em 1-2 pastilhas.

Não se esqueça que a vitamina E está incluída na composição e em vários produtos de origem vegetal. Portanto, se você não quer enfrentar a falta de tocoferol no corpo, inclua na sua dieta tanto quanto possível frutas vermelhas, vegetais, nozes, verduras.

A ingestão de vitamina E: contra-indicações e efeitos colaterais

A ingestão de vitamina E: contra-indicações e efeitos colaterais

As contra-indicações ao consumo de vitamina E praticamente não são reveladas, mas somente se usadas corretamente, com base nas recomendações estabelecidas pelas instruções. Raramente, pode haver uma reação alérgica congênita a essa droga. Com a introdução da vitamina E diretamente no músculo no local da injeção, o edema pode aparecer e, como resultado, a consolidação do tecido. Ele passa rapidamente, então não se preocupe.

Tomar vitamina E em quantidades superiores às recomendadas leva a náusea, fadiga, problemas de visão, enxaquecas e tontura, aumento dos problemas renais e doenças infecciosas no recém-nascido. Lembre-se de que tudo isso ocorrerá apenas com o grave abuso de tocoferol.

Elementos separados que são ricos em alimentos ou complexos artificiais, contribuem para o fato de que o efeito da vitamina é melhorado. Por exemplo, as vitaminas A e D combinam-se perfeitamente com o tocoferol e, portanto, esses dois elementos fazem parte de muitos complexos multivitamínicos. A vitamina E não tem apenas "aliados", mas também antagonistas. Por exemplo, um excesso de ferro no corpo aumenta muito a necessidade de tocoferol. E em combinação com anticoagulantes, a vitamina E pode causar sangramento.

A regra principal da vitamina E é a moderação. Ao tomar o medicamento em qualquer forma médica, não se esqueça que o seu ingrediente ativo também está em produtos alimentares que estão incluídos na sua dieta. Para evitar uma overdose, é ideal para selecionar a dose necessária de vitamina E com o seu médico.

Adicionar um comentário