Dores de cabeça

Mesmo para a medicina moderna, listar todas as causas de dores de cabeça não é possível. A singularidade da patologia como sintoma está em muitos fatores. Quase todos os pacientes se depararam com um fenômeno tão desagradável, e repetidamente, mas, ao mesmo tempo, cada um descreverá a dor de cabeça de maneiras diferentes, dando-lhe características diferentes.

De acordo com isso, com dores regulares e severas, os médicos são obrigados a enviar o paciente para uma lista adicional de estudos, a fim de identificar a causa raiz, para atribuir o tratamento adequado.

Dores de cabeça freqüentes: causas

Dores de cabeça: as principais causas

O erro mais importante para dores de cabeça freqüentes é a ingestão independente e descontrolada de medicação para dor. Infelizmente, essa tática de tratamento é encontrada em quase 100% dos casos.

Para tratar com sucesso uma dor de cabeça, com consequências mínimas ou nulas para o corpo, é necessário entender e identificar a causa básica das dores de cabeça regulares. E só depois disso proceder ao tratamento, terapia medicamentosa. Hoje, os médicos podem apontar muitas causas de dores de cabeça, das quais existem mais de algumas centenas. Mas ainda assim, entre eles estão os mais comuns e os mais característicos.

Estes incluem, em primeiro lugar, falhas na regulação do tônus ​​das artérias e veias, que formam o sistema vascular do cérebro. Por exemplo, a enxaqueca, uma condição em que a dor é paroxística em uma das metades da cabeça. Também caracterizado pelo aparecimento de náuseas, fotofobia, perda de campos visuais. Não se esqueça sobre a regulação da pressão arterial - hipertensão e suas complicações. Na hipertensão, a dor na cabeça será grave, pressionando, latejante, sua principal localização é a região do pescoço e pescoço.

Alguns processos infecciosos também podem causar dores de cabeça, uma dor de cabeça intensa e mal controlada é característica de doenças infecciosas e inflamatórias do revestimento do cérebro. Além disso, infecções como gripe, infecções respiratórias agudas, herpes zoster, etc., também podem causar dores de cabeça. Entre as doenças inflamatórias, sinusite, periodontite na maioria das vezes causam dor, até pulpite e dentes do siso podem causar um sintoma desagradável.

Doenças do sistema músculo-esquelético, em particular osteocondrose da coluna cervical, também podem causar dores de cabeça regulares e bastante intensas, estas são as chamadas dores de estresse, que também são características de doenças dos músculos das extremidades superiores e pescoço.

Em mulheres grávidas, as dores de cabeça persistentes podem ser uma manifestação de formas graves de pré-eclâmpsia. É impossível ignorar ferimentos na cabeça e processos de tumor, intoxicação aguda e crônica do organismo como um todo.

Causas psicogênicas de dor de cabeça são distinguidas em um grupo separado. Cada um de nós notou que, após o excesso de trabalho, o estresse costuma ter dor de cabeça. Tais condições são mais características de pessoas com ansiedade aumentada, depressão evidente. As características da dor são constritivas, pressionando. A dor, por via de regra, não tem uma localização estrita e pode migrar. Uma característica importante é que não aumenta durante o exercício.

É muito importante lembrar que dores de cabeça freqüentes e graves, sem levar em conta a causa, aparecem ao estimular os receptores de dor localizados nos vasos do cérebro e suas membranas. A massa cinzenta em si e o córtex cerebral, não podem doer, porque eles não têm receptores de dor. E mesmo que a causa da dor de cabeça seja esconder-se precisamente na substância do cérebro, por exemplo, um tumor, então a dor só aparecerá se estiver envolvida no processo das membranas do cérebro. Portanto, a dor de cabeça na parte de trás da cabeça, que ocorre com a hipertensão, é bastante comum. Mas os processos tumorais podem ser assintomáticos por muito tempo.

Dores de cabeça: as principais causas

Para alcançar os melhores resultados no tratamento, uma abordagem integrada é usada na terapia. O tratamento pode ser usado terapia magnética e laser, acupuntura, técnicas manuais e, claro, a nomeação de drogas.

Muitas vezes, a cefaleia ocorre em circunstâncias diferentes e, se em um caso estiver associada a tempestades magnéticas e excesso de trabalho e passar por conta própria, então, em outros casos, pode ser um sintoma de patologias graves que exigem intervenção e tratamento imediatos. Por estas razões, é necessário estar atento aos sinais que o corpo dá e consultar um especialista no tempo.

Adicionar um comentário