Formigamento no coração

Em uma canção popular há tais linhas: "Tão preocupado aqui, na região do coração, dor. Isto é uma má vingança, este não é o nosso papel!" Uma descrição completamente precisa do sintoma de sofrimento mental e excitação do coração, e se menos poeticamente - o estresse usual. Sim, é o usual, porque nossa vida caótica às vezes é pura tensão.

Tudo ferve, ferve em torno de nós, e involuntariamente você se une a este redemoinho, sem pensar em saúde. Mas não há nada mais perigoso para o nosso coração do que constante estresse, experiências, excitação. E nosso coração é um e para a vida! Formigamento na região do coração, pulando para fora do peito, batendo nos ouvidos - sensações familiares?

Picar no coração: causas

ligeiro formigueiro na região do coração nem sempre pode ser um sintoma de patologias

É claro que, de certa forma, engrossamos as tintas, e um ligeiro formigamento na região do coração pode nem sempre ser um sintoma de patologias. Na verdade, o coração é um músculo comum e os tecidos musculares tendem a se cansar de cargas excessivas. E o corpo, desse modo, tenta nos dizer que precisa descansar.

Além disso, existem várias outras causas de dor no coração, mas não associadas a alterações patológicas no coração:

  • resfriados infecciosos - neste caso, a dor ocorre como resultado da intoxicação do corpo com resíduos de micróbios nocivos;
  • depressão, estado psico-emocional desequilibrado, nervosismo;
  • a presença de doenças crônicas do sistema digestivo, como úlceras, gastrite, colecistite, pancreatite.

No entanto, formigamento no coração também pode falar de doenças graves do sistema cardiovascular. Vamos dar uma olhada mais de perto.

Doenças do sistema cardiovascular:

  • Um aumento na pressão arterial, dor ou corte na área cardíaca pode indicar um ataque cardíaco. A razão para isso é uma violação da circulação arterial devido ao bloqueio da artéria por um coágulo sanguíneo.
  • Hipertensão arterial - além de dores lancinantes no coração, é freqüentemente acompanhada de tontura e náusea.
  • Um espasmo dos vasos coronários através dos quais circula o sangue do miocárdio, o que leva a uma diminuição na quantidade de sangue saturado com oxigênio fornecido ao coração. E isso pode levar à morte das células do coração.
  • Angina pectoris é acompanhada de dor ardente no peito. A causa da doença são alterações ateroscleróticas nas artérias do coração. O lúmen dos vasos é estreitado devido à deposição de placas escleróticas em suas paredes. A circulação sanguínea e o suprimento de oxigênio para o coração são perturbados, o que causa ataques de dor.
  • Inflamação do pericárdio. Nesta doença, a eficácia das contrações cardíacas é significativamente reduzida. Como resultado, a insuficiência cardíaca se desenvolve com o tempo.
  • Hipertrofia ventricular cardíaca - cardiomiopatia.
  • O aneurisma dissecante da aorta é a ruptura da maior artéria do corpo, levando a hemorragia interna maciça.

As doenças cardíacas geralmente levam à insuficiência cardíaca. E quando o músculo cardíaco não funciona de forma eficaz, os tecidos do corpo são insuficientemente supridos de oxigênio e nutrientes. Tais doenças acompanham-se não só por dores agudas na área de coração, mas também por inchação, bem como falta de ar e fadiga.

Outras patologias

As doenças cardíacas geralmente levam à insuficiência cardíaca.

Formigamento na área do coração pode ser desencadeado por outras causas. Entre eles ocupam um lugar especial:

  • reação corporal a alérgenos;
  • efeitos colaterais de algumas drogas, por exemplo, drogas corticosteróides;
  • ataques de pânico irracionais;
  • azia, sensação dolorosa na área do peito;
  • fadiga crónica;
  • neuralgia, que ocorre como resultado de apertar os nervos do espaço intercostal.

O que significa formigamento?

As dores do coração diferem na natureza da manifestação:

  • opressivo, doendo;
  • cozimento;
  • costura.

Os mais inócuos, se assim posso dizer, são dores na região do coração de uma natureza penetrante. Na verdade, eles não têm nada a ver com o coração e são em grande medida provocados pela síndrome pectal. Este é um efeito de dor reflexa do músculo peitoral das terminações nervosas estranguladas. A causa também pode ser a dor vertebral da osteocondrose da região cervical.

Para pôr de lado todas as dúvidas em caso de tal dor e certificar-se de que não é o coração que está picando, recorra às seguintes manipulações simples:

  1. Primeiro você precisa descobrir a conexão entre a dor aguda e o esforço físico e determinar se há um aumento da dor durante a caminhada rápida e vários exercícios.
  2. Sinta a superfície do tórax com uma leve pressão nas pontas dos dedos onde a dor está localizada. Se você encontrar pontos de dor, então certamente não ferirá o coração.
  3. O mesmo pode ser dito quando a dor aumenta ou desaparece durante uma respiração profunda, quando você está em uma posição confortável ou durante certos movimentos do corpo - curvando-se, girando.

Com essas ações, você se acalma em relação a doenças cardíacas, mas existem outras causas que causam dor, então você precisa visitar um neurologista e fazer o teste.

Como remover o desconforto?

Com o aparecimento de dor lancinante no coração de origem desconhecida, não precisa entrar em pânico

Com o aparecimento de dor penetrante no coração de origem desconhecida, não entre em pânico. Primeiro você precisa se acalmar, sentar, mas deitar. Se a causa da dor for estresse físico ou emocional, ela logo retrocederá. Você pode tomar qualquer sedativo que esteja à mão: valeriana, barboval, tintura de papada, comprimidos de hortelã sublingual.

A dor dolorida de uma natureza nevrálgica pode ser acalmada tomando-se uma posição confortável e aplicando calor ou usando um emplastro de pimenta. Um excelente agente profilático de doença cardíaca pode estar esfregando o peito com veneno de abelha. Para esses propósitos, você pode usar a droga Efkamon.

Fosse o que fosse, mas se a dor no coração se torna recorrente na natureza, é uma razão para procurar um cardiologista. No caso de dor aguda que não pode ser acalmada, não corra riscos e chame a ambulância. Te abençoe!

Adicionar um comentário