Medicamentos anti-hipertensivos de última geração

A hipertensão arterial é um verdadeiro flagelo da sociedade moderna. Suas vítimas estão se tornando mais jovens, e as forças de muitas companhias farmacêuticas líderes estão direcionadas a combater essa perigosa e insidiosa doença. O resultado de seu trabalho foram os medicamentos hipotensores da última geração - toda uma lista de produtos que são mais eficazes e seguros para o corpo do que os anteriores.

Viver e ser tratado de uma nova maneira

O que é hipertensão, ou simplesmente hipertensão, é conhecido por todos.

O que é hipertensão ou, simplesmente, hipertensão, é conhecido por todos. Se os números no tonômetro excederem repetidamente os limites permitidos, então é hora de consultar um médico. É importante lembrar que, mesmo percebendo os sinais de hipertensão, você não pode prescrever medicação para si mesmo. É importante não só eliminar os sintomas, mas também influenciar corretamente a causa inicial.

Medicina tem lutado com esta doença há muitos anos, a escolha de medicamentos anti-hipertensivos em farmácias é bastante grande. Mas a maioria das drogas, cujos nomes ainda são familiares às nossas avós, não curam a hipertensão, mas apenas a mascaram, dando ao corpo uma pausa temporária. Alguns deles têm um efeito sedativo, afetando o sistema nervoso; outros afetam os vasos sanguíneos, enfraquecendo o tom das paredes. Quase todas essas drogas têm uma lista enorme de contraindicações e efeitos colaterais: aumento da freqüência cardíaca, palpitações, sudorese - apenas uma pequena fração. Prescrevê-los deve ser um médico, tendo em conta a história do paciente. É estritamente proibido parar de tomar remédios por conta própria e parar de tomá-los abruptamente!

Simultaneamente com medicamentos anti-hipertensivos, os diuréticos são prescritos. Eles têm um efeito positivo sobre o trabalho do coração, reduzem o volume de líquido nos tecidos, bloqueiam a formação de adrenalina. Mas, removendo o potássio do corpo, os diuréticos violam os processos metabólicos, causando a deposição de sais de cálcio. Além disso, o uso a longo prazo pode causar diabetes, fraqueza, insônia e impotência no sexo mais forte.

De maneira um pouco diferente, em nível celular, os bloqueadores adrenérgicos, os antagonistas do cálcio e os inibidores da ECA atuam. Eles são prescritos para pessoas que sofrem de diabetes, com aterosclerose e problemas com a glândula tireóide.

Ainda assim, a obtenção de medicamentos de nova geração é um verdadeiro avanço no tratamento da hipertensão. Além de reduzir efetivamente a pressão arterial, diminuir os níveis de colesterol no sangue, proteger os vasos sanguíneos, os medicamentos anti-hipertensivos da nova geração têm outra qualidade muito importante: sua ação é cumulativa e continua mesmo depois que a droga é removida do corpo.

A lista de drogas anti-hipertensivas da última geração (terceira) inclui losartan, fiziotenz, aegilok.

Losartan (Losartan): instruções, aplicação

A droga Losartan - um antagonista de receptores de angiotensina II. É prescrito para pessoas com hipertensão arterial, insuficiência cardíaca crônica. Losartan reduz a probabilidade de acidente vascular cerebral, protege os rins, permite aumentar a atividade física para pessoas com insuficiência cardíaca. A droga aumenta o efeito de outras drogas anti-hipertensivas. É estritamente contra-indicado para mulheres grávidas, no momento da sua admissão é necessário parar a amamentação.

Como tomar losartan, o médico deve dizer, porque em cada caso, a abordagem deve ser individualizada. Por via de regra, prescreve-se uma dose pequena, que gradualmente aumenta até que o estado do paciente se estabilize.

Physiotens (moxonidina): uma pílula milagrosa?

Entre as drogas da nova geração de ação central é distinguir fiziotenz

Entre as drogas da nova geração de ação central é distinguir fiziotenz. Possuindo uma biodisponibilidade muito alta, o fármaco atinge sua concentração plasmática máxima em cerca de uma hora e, após 2, a meia-vida de eliminação termina. 90% dos fundos excretados na urina.Os fisiotens, cujas indicações são consideradas redutoras da pressão arterial e tratamento da hipertensão, não apresentam efeito teratogênico, mutagênico e carcinogênico, o que é confirmado por ensaios clínicos.

Depois de iniciar um curso de fisioterapia, os pacientes experimentam uma redução significativa na pressão, e após a descontinuação, não ocorre síndrome de abstinência, o efeito é mantido. Em pacientes que tomam esta droga, há uma falta de saltos acentuados na pressão arterial, mesmo em situações estressantes. Portanto, a droga pode ser aplicada a motoristas e pessoas engajadas em trabalhos que exigem atenção e concentração.

Egilok: um comprimido é suficiente

Escolhendo egilok como uma droga, a indicação de que também é hipertensão arterial, é necessário ter em conta os sintomas que acompanham: aumento da freqüência cardíaca, doença cardíaca coronária, arritmia, insuficiência cardíaca, a ameaça de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco. Egilok reduz os batimentos cardíacos, alivia os ataques de angina, melhora a saúde geral. O efeito máximo é observado 90 minutos após a administração. A dosagem é selecionada pelo médico assistente, dependendo da gravidade da doença e doenças relacionadas.

A hipertensão é uma doença insidiosa. Mas você pode lidar com isso se você não iniciar o curso da doença, consultar um médico a tempo e seguir suas recomendações. Drogas anti-hipertensivas de última geração ajudarão a bloquear não só as manifestações da hipertensão, mas também a sua causa, tornando a vida de uma pessoa que sofre de hipertensão arterial de alto grau.

Adicionar um comentário