Nervos errantes - sintomas e tratamento. o que é o nervo

Muitas vezes acontece que uma pessoa que leva um estilo de vida saudável de repente descobre sintomas desagradáveis ​​em si mesmo: seu estômago dói, seu coração é desobediente ... E isso apesar do fato de que ele não bebe, não fuma, pratica esportes. O nervo vago pode ser um motivo de preocupação. Onde ele está, o que é, como funciona e que tipo de problemas com o bem-estar podem criar - vamos tentar descobrir!

O que é o nervo vago?

A medicina tem 12 pares de nervos que emanam da base do crânio.

A medicina tem 12 pares de nervos que emanam da base do crânio. Cada um deles tem suas próprias funções e transmite sinais para certos órgãos. O décimo par foi chamado de nervo vago, porque os sinais do cérebro são transmitidos para quase todos os órgãos vitais. O nervo vago começa na base do crânio e passa pelo pescoço, tórax e peritônio.

Em primeiro lugar, o nervo vago regula as funções de:

  • engolir;
  • vômito;
  • tosse;
  • trabalho de estômago;
  • respiração;
  • pulsação

Se o trabalho do nervo vago estiver comprometido, até mesmo a parada cardíaca e a morte são possíveis.

Causas da doença

Nas doenças do nervo vago, os sintomas e o tratamento estão inter-relacionados. E as razões principais do desenvolvimento da patologia podem ser:

  • lesões que exercem pressão sobre o nervo;
  • cirurgias durante as quais ocorreram danos nos nervos ou beliscar;
  • diabetes mellitus (níveis elevados de açúcar afetam negativamente o funcionamento do nervo vago);
  • doenças virais do sistema respiratório;
  • doen�s cr�icas (infec�o por HIV, doen� de Parkinson);
  • alcoolismo.

Sintomas

Dependendo de qual departamento do nervo vago é afetado, o médico determina os sintomas e o tratamento para cada caso:

  • dor de cabeça (dores de cabeça e desconforto no ouvido);
  • a região cervical (a função de engolir devido à paralisia dos músculos faríngeos, mudança de voz, asfixia é perturbada)
  • Região torácica (disfunção dos sistemas cardiovascular e respiratório, que se manifesta em dificuldade respiratória, sensação de falta de ar, dor torácica; enfraquecimento do reflexo da tosse e, consequentemente, pneumonia);
  • secção abdominal (indigestão e dor intestinal, dor abdominal, reflexo do vômito).

Se o nervo vago está danificado, o sistema cardiovascular sofre mais. Isso é expresso nos seguintes estados:

  • pulso diminui;
  • queda de pressão;
  • falta de ar aparece;
  • sentiu dor no coração;
  • falta de ar é sentida;
  • Parece que "há um nó na garganta"

Com a derrota do núcleo do nervo vago, o tom do sistema autonômico aumenta ou diminui. Os distúrbios vegetativos tornam-se conhecidos como letargia do corpo, apatia no comportamento humano com aumento de tônus ​​e irritabilidade, temperamento curto - com redução.

Aprenda também sobre as causas dos recém-nascidos e por que há um soluço durante todo o dia.

Doenças do nervo vago

enxaqueca, episódica

Quando o nervo vago é comprimido, os seguintes grupos de doenças se desenvolvem:

  • angioneuroses (doenças do sistema vegetativo, nas quais o trabalho dos vasos é perturbado);
  • neurastenia (distúrbio do sistema vegetativo, no qual a ansiedade aumenta e a exaustão ocorre).

Entre esses grupos, os mais comuns:

  • enxaqueca, episódica na natureza;
  • Doença de Ménière - as partes da periferia do sistema nervoso e do cérebro são afetadas, como resultado do qual você se sente tonto, a audição é reduzida;
  • Doença de Raynaud - o sistema nervoso é afetado, como resultado do qual os membros e partes do rosto ficam pálidas e se tornam frias, surge irritabilidade emocional.

Tratamento

O nervo vago quase não é tratável. A este respeito, você deve sempre ter cuidado e consultar um médico nos primeiros sintomas de um distúrbio nervoso.

A medicina tradicional oferece os seguintes remédios como tratamento:

  • drogas hormonais (prednisona);
  • complexos multivitamínicos com vitaminas do complexo B;
  • drogas anticolinesterásicas (drogas que inibem a atividade da enzima, que transmite um sinal de excitação ao sistema nervoso);
  • drogas anti-histamínicas.

Em casos graves, pode ser aplicado:

  • eletroestimulação;
  • métodos cirúrgicos;
  • troca de plasma (purificação do sangue no nível celular).

O tratamento tradicional deve ocorrer exclusivamente sob a supervisão de um médico. Com tratamento inadequado ou tardio, a morte pode ocorrer devido à cessação do trabalho de certos órgãos do corpo.

Medicina folclórica

Com lesões do nervo vago, a medicina tradicional é ineficaz

Com lesões do nervo vago, a medicina tradicional é ineficaz. Só permite aliviar alguns dos sintomas, mas em nenhum caso cura a doença. Como uma prevenção e para aumentar o efeito dos métodos da medicina tradicional, você pode oferecer algumas infusões de ervas.

  • 1 colher de sopa. l ervas secas tomilho despeje 50 ml de água fervente e infusão por 15 minutos. Beba durante o dia, dividindo a dose em 4 doses.
  • Menta misturada com melissa, despeje um copo de água fervente e deixe por 20 minutos. Beba durante o dia por 2 doses.
  • 1 colher de sopa. l trevo despeje 200 ml de água fervente e deixe por 20 minutos. Coe e beba em 2 doses, ervas e frutas podem ser infundidas para tratar o nervo vago:
  • 50g de tomilho despeje 1,5 litros de vinho branco. Insistir por uma semana em um lugar escuro. Consuma 10 gotas, adicionando-as ao leite 4 vezes ao dia.
  • 50 g de raiz de beladona despeje 0,5 litros de vodka. Insista 7 dias e tome 15 gotas 3 vezes ao dia.

Deve ser lembrado que é quase impossível curar o nervo vago. Você precisa estar atento à saúde do sistema nervoso. Se houver suspeita de uma doença do nervo vago, apenas um médico determinará os sintomas e o tratamento. A automedicação e os recursos tardios para atendimento médico podem ser fatais.

Adicionar um comentário