Pimentas

Quase todas as especiarias chegaram até nós no Oriente, onde grande atenção é dada à culinária. Lá cada lâmina de grama tem seu próprio valor inestimável. E os gourmets sabem que as especiarias tornam os pratos não só mais saborosos, mas também mais saudáveis. Por exemplo, o chili, cujos benefícios e malefícios dependem diretamente do senso de proporção.

Chili: os benefícios e danos

Chili: os benefícios e danos

Por natureza, o chili nem sequer é pimenta. Vagens vermelhas brilhantes são formadas em plantas que pertencem ao gênero de capsicums da família do nightshade. No entanto, os europeus, que espalharam pimenta, começaram a cultivá-lo com esse nome. Aparentemente, a analogia apareceu devido ao sabor acentuado e até mesmo ardente das vagens.

A origem da pimenta é nas regiões tropicais da América. Aqui, o pimentão ainda é o mesmo de alguns séculos atrás: um caule longo (cerca de 60 cm), uma forma elíptica de folhas e um fruto de cor verde-oliva ou escarlate suja. Em outros países quentes, a planta sofreu uma série de mudanças, como resultado da criação de muitas variedades novas foram criadas. E cultivam essa cultura em toda parte: na Ucrânia, na Moldávia, no Kuban, no norte do Cáucaso e na Ásia. Conhecendo a utilidade do chili, ele é cultivado até mesmo nas regiões do norte, onde o clima é muito rigoroso. É verdade que eles fazem isso em casa - em vasos em peitoris da janela.

Essa distribuição da planta indica sua popularidade em todo o mundo. E não só na culinária, onde os chiles ocupavam firmemente um certo nicho, mas também na medicina.

Como usar o chili?

Chili: os benefícios e danos

Naturalmente, o principal objetivo da pimenta é gastronômico. Tempero queimando e perfumado é adicionado:

  • em sopas;
  • em pratos de caça, carne e aves;
  • pescar;
  • em marinadas e molhos;
  • lentilhas e ervilhas;
  • em produtos lácteos, por exemplo, em kefir ou clabber;
  • em misturas apimentadas.

O chili tem uma característica: é muito difícil moê-lo em pó ou moer. Portanto, o tempero real do mercado é sempre grosseiro. Se o vendedor agressivamente oferecer pó vermelho sob o disfarce de pimenta quente, é melhor não tomá-lo. É mais provável que seja páprica ou outra variedade menos quente.

O chili, cujos benefícios e malefícios têm sido estudados há muito tempo, pode ser uma ajuda significativa no tratamento em casa:

  • pomadas médicas com a adição de especiarias ardentes aliviar dores musculares, aquecer as articulações, parar os efeitos das lesões;
  • pimenta aumenta o apetite, melhora o funcionamento dos órgãos digestivos;
  • Vagens em combustão têm propriedades anti-sépticas, reduzem a inflamação e aumentam a imunidade;
  • O uso sistemático da pimenta impede o aparecimento de tumores malignos.

Propriedades picantes de pimenta

Chili: os benefícios e danos

Nutrição e leito matrimonial estão intimamente relacionados, porque a qualidade dos alimentos é de grande importância para a vida íntima de homens e mulheres. Desde os tempos antigos, a pimenta é usada como afrodisíaco. Esse tempero, ao que parece, "se dispõe a cobiçar" e acende um desejo irreprimível. Como a pimenta funciona nesse sentido? É o benefício para os homens presentes nesta planta, há algum mal? Ou a sua "capacidade" é um mito comum?

Na verdade, tudo é simples: tempero picante estimula a circulação sanguínea e, assim, aumenta a potência. No Oriente, as pimentas foram combinadas com canela e noz-moscada, cravo, açafrão, gengibre e alecrim. Em proporções comprovadas, os componentes atuaram várias vezes com mais eficiência.

A propósito, os temperos listados no Oriente estão sempre em operação. Cozinheiros muito habilmente adicioná-los aos seus pratos, e fazê-lo o tempo todo. Não é este o segredo do poder masculino dos montanheses - tal como a sua longevidade?

Spice e excesso de peso

Chili: os benefícios e danos

Especialistas dizem que você pode usar pimenta para perda de peso. E definitivamente há alguma verdade nisso, porque os pods contêm capsaicina, que tem várias propriedades específicas:

  • melhora o metabolismo, aumenta a taxa de processos metabólicos;
  • aumenta a transpiração;
  • queima gordura devido ao gasto de energia do corpo na digestão do tempero.

Para uma perda de peso gradual, mas sistemática, o chili é adicionado a sopas, pratos principais e até bebidas. Aqui a coisa principal - para superar o seu desejo de derramar temperos, tanto quanto possível, para aumentar o efeito.

E ainda: para não ganhar problemas com o sistema digestivo durante tal dieta, a quantidade de pimenta consumida deve ser estritamente controlada. Caso contrário, a perda de peso ocorrerá por um motivo completamente diferente.

Contra-indicações

Pimentas Contra-indicações

Tempero picante é um produto muito, muito específico que requer maior cuidado. Sua principal vantagem - mesquinhez - pode causar danos irreparáveis ​​ao corpo, se você consumir a especiaria sem medida. O pimentão é estritamente contra-indicado em:

  • doenças do sistema cardiovascular (angina pectoris, arritmias, hipertensão);
  • patologia do trato gastrointestinal (gastrite, úlcera gástrica);
  • disfunções do fígado e órgãos urinários.

Além disso, deve-se ter cuidado ao cozinhar com tal aditivo. Depois de chili, você deve sempre lavar as mãos, e especialmente com cuidado, e em nenhum caso tocar o rosto ou membranas mucosas: pode até causar uma queimadura.

O chili é um tempero bom e saudável. No entanto, você precisa treinar-se muito gradualmente. Ainda assim, uma paixão por pratos condimentados é trazida, antes, pelas tradições e costumes da culinária nacional. Sem hábito, essa paixão apaixonada pode ser perigosa.

Adicionar um comentário